O HOMEM, A CUTIA E A SAPA(Literatura Indígena)






Todos os dias um Homem ía olhar sua roça, mas quando chegava lá a Cutia já tinha comido a mandioca e isso se repetia todos os dias, ele com raiva reclamava: - Porque  essa cutia não se transforma em mulher para fazer farinha e beijú para mim. A cutia estava ali perto, ouvindo tudo e logo se transformou em uma linda mulher e tinha uma bunda grande, apareceu no meio da roça e disse para o homem: - Oi. O homem tomou um susto e perguntou. – quem é você? E ela respondeu:
-Sou a cutia e ouvir o que você falou. O homem levou-a para sua casa e começaram a morar juntos, quando ela ia fazer farinha ou beijú arrancava apenas um pé de maniva, já era o suficiente para ela encher os cochos, e depois de trabalhar o dia todo, no final do dia costumava tomar banho juntos. O homem era trabalhador e costumava sair todos os dias e deixava sua esposa cutia em casa, a sapa invejosa vendo que tudo que a cutia fazia, acabou matando ela e depois se transformou nela e assumiu o lugar dela, era idêntica, a única diferença era que a sapa não tinha bunda como o da cutia que era grande, e quando ela ia arrancar mandioca, tinha que arrancar muito para poder encher o cocho e na hora do banho ela arranjava desculpa para não banhar com ele, sentia vergonha, pois não tinha bunda igual da cutia.
            Os dias se passaram e o homem ficou desconfiado, descobriu que a sapa tinha matado sua esposa, e assumido o lugar da cutia, e ele para não vê-la mais, mandou a esposa falsa ir embora para nunca maisl voltar.



TERRITÓRIO WAPIXANA EM RORAIMA E GUIANA INGLESA
João Paulo Jeannine Andrade Carneiro








A Morada dos Wapixana
Atlas Toponímico da Região Indígena da Serra da Lua – RR



Mapa das Terras Indígenas da região serra da lua


João Paulo Jeannine Andrade Carneiro








A Morada dos Wapixana
Atlas Toponímico da Região Indígena da Serra da Lua – RR

  • RELÓGIO

    IVONIO SOLON BLOG